Semente de Linhaça: Seus Benefícios, como usar, como preparar a farinha e o leite de linhaça

Um dos alimentos mais versáteis na alimentação funcional é a nossa queridinha linhaça. E nesse post vamos aprender como preparar a farinha e o leite da semente de linhaça para você usar no seu dia-a-dia.

A linhaça tem se destacado graças a seus nutrientes, ela é rica em fibras e contém ácidos graxos como ômega 3 e 6.

Ela pode ser aproveitada de várias formas como a farinha, o leite, o óleo e fibras, e todos esses derivados tem benefícios incríveis.


E você pode encontrá-las tanto na cor dourada como na cor marrom, ambas são ricas em nutrientes.

Hoje vamos ver alguns dos benefícios da linhaça e algumas contra-indicações também.

Beneficios da linhaça

Promove a saúde intestinal

Por ser rica em fibras promove a saúde intestinal facilitando o trânsito e promovendo uma limpeza no cólon.

Reduz o risco de doenças cardiovasculares

Por conter ômega 3 em sua composição, é capaz de promover a saúde cardíaca e auxiliar na prevenção de hipertensão. Ela também ajuda na prevenção do colesterol ruim.

Tem ação anti-inflamatória

O ômega 3 é um ácido graxo com poder anti-inflamatório e que fortalece o sistema imunológico.

Promove a regulação hormonal

A linhaça possui um fitonutriente chamado de lignana e pode contribuir para regular problemas hormonais, é ideal para mulheres que estão entrando na menopausa e vem sendo recomendado para mulheres que sofrem de ovário policístico. Acredita-se que alivia os sintomas da TPM também.

Reduz o risco de alguns tipos de câncer

Por ser rica em fibras, a linhaça vem sendo associada com a prevenção do cancer de cólon, pois melhora a digestão e funciona como um laxante natural.

Promove o emagrecimento

As fibras presentes na linhaça contribuem para dar saciedade por mais tempo, são low carb, e limpam nosso cólon intestinal que muitas vezes possuem depósitos de gordura.

Contraindicações das sementes de linhaça

Sensibilidade estomacal

Algumas pessoas possuem sensibilidade estomacal ao ingerir a linhaça pura, os sintomas podem ser náuseas, refluxos e até vômitos. Para prevenir a sensibilidade consuma apenas se estiver adicionar em outras receitas, como bolos, pães e smoothies.

Grávidas e lactantes

Como a linhaça ainda está sendo estudada em relação a regulação hormonal, alguns médicos orientam as gestantes a não consumirem sementes de linhaça.

Obstrução intestinal

As sementes de linhaça não devem ser consumidas inteiras, pois suas sementes não são facilmente digeridas e em contato com a água se transformam em um gel espesso que pode causar prisão de ventre severa.

Não utilizar com outros medicamentos

Não é indicada para pessoas que estão fazendo tratamento com medicamentos pois pode bloquear e dificultar a absorção de certos medicamentos pelo organismo, sempre consulte o seu médico.

Como consumir a linhaça

A forma mais comum para consumi-la diariamente é triturando suas sementes em um liquidificador, assim você pode adicioná-las em frutas, iogurtes, sopas, saladas, farofas, aveia, na banana amassada ou como preferir.

Nunca consuma a linhaça sem triturar, pois suas sementes são difíceis de digerir e podem causar prisão de ventre.

Você também pode triturá-las levemente amassando-as em um pilão.

Quantidade diária de consumo

O ideal é consumir no máximo 2 colheres de sopa da linhaça triturada crua para evitar que desenvolva alguma sensibilidade estomacal.

Porém essa quantidade pode ser maior se você estiver adicionado em receitas de bolos, pães ou smoothies.


Fonte: Emagrecer Certo.


Comentários

Postagens mais visitadas